Importância do alternador

O alternador e a bateria são responsáveis por gerar e fornecer energia. Por isso, a manutenção preventiva desses itens é fundamental para garantir o bom funcionamento e segurança do automóvel.

Acionado pelo motor por meio de uma correia, o alternador - que é a central elétrica do veículo - transforma a energia mecânica em energia elétrica necessária para carregar a bateria e alimentar todos os componentes, como o sistema de ignição, injeção e os demais equipamentos elétricos. Não há um tempo pré-determinado para a troca ou substituição do componente; isso varia de acordo com a utilização (tempo que o motor fica ligado) e condições de uso do carro.

Já a bateria tem a função de fornecer energia ao motor de partida e ao sistema de ignição do automóvel, além de alimentar todo o sistema elétrico quando o motor está desligado. A durabilidade de uma bateria depende da qualidade do produto e também do cuidado do motorista com o automóvel. Se a bateria for de boa qualidade e se o sistema elétrico passar por manutenções preventivas, ela pode durar até cinco anos ou mais. Pensando nisso, a Bosch fornece algumas orientações para aumentar a vida útil destes componentes.

Para aumentar a durabilidade do alternador o ideal é verificar sempre o estado de conservação das correias e das polias, e substituí-las quando necessário. Quando for necessário fazer a troca, não é indicado utilizar peças de baixa qualidade, pois estas podem prejudicar o funcionamento e a durabilidade do equipamento.

No caso da bateria, a primeira orientação é garantir que o sistema elétrico do veículo esteja em boas condições, nas especificações determinadas pelo fabricante e, especialmente, que seja compatível com a capacidade do alternador.

Outro componente fundamental para a durabilidade da bateria é o regulador de tensão do alternador, que, além de outras funções, controla a quantidade de energia que deve ser fornecida pelo alternador para a correta recarga da bateria, ao mesmo tempo em que garante a alimentação de todos os demais consumidores elétricos do veículo.

O motorista também deve evitar ações que geram a descarga profunda da bateria, como, por exemplo, manter os faróis, som ou luzes internas ligados, enquanto o veículo está desligado. Outra orientação é não deixar o veículo por vários dias sem funcionamento, pois, mesmo nessa condição, a bateria continua fornecendo energia ao sistema elétrico do automóvel, como por exemplo, unidades de comando, alarme, etc.

Fonte: Mecânica Online.

FORMAS DE PAGAMENTO

SOS Bateria Formas de Pagamento

FALE CONOSCO

Av. Antônio Sales, 135 | Bairro: Joaquim Távora | CEP.: 60.135-100 | Fortaleza - Ceara - Brasil
contato@sosbateria.com.br